terça-feira, setembro 04, 2007

Antonio Romane.

Quando Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem decidiu dar-lhes apenas duas virtudes. Assim,
– aos suíços os fez organizados e respeitadores da lei;
– aos ingleses, corajosos e estudiosos;
– aos japoneses, trabalhadores e disciplinados;
– aos italianos, alegres e românticos;
– aos franceses, cultos e finos... E assim foi até chegar os brasileiros
– e aos brasileiros, inteligentes, honestos e petistas.
O anjo escriba anotou, mas logo em seguida, cheio de humildade, temeroso mesmo, indagou:
– Senhor, a todos os povos do mundo foram dadas duas virtudes, porém, aos brasileiros foram dadas três! Isto não os fará soberbos em relação aos outros povos da terra?
– Muito bem observado, bom anjo! – exclamou o Senhor. Isto é verdade! Façamos então uma correção! De agora em diante, os brasileiros, povo do meu coração, manterão estas três virtudes, mas nenhum deles poderá utilizar mais de duas simultaneamente, como os outros povos. Assim, o que for petista e honesto, não pode ser inteligente. O que for petista e inteligente, não pode ser honesto. E o que for inteligente e honesto, não pode ser petista.
Palavras do Senhor.

Arquivo do blog