sábado, junho 23, 2007

Interessante. Uma correta aplicaçao dos mandamentos religiosos. Resta saber se os jogadores de futebol, poderosos, etc. rezarao pelo catecismo...

Polícia Rodoviária Federal vai adotar cartilha do Vaticano

Entidade prepara documento com os "10 mandamentos" divulgados nesta semana pela Igreja

No texto, serão incluídas em cada um dos itensrecomendações e estatísticas oficiais das estradas brasileiras

EDUARDO SCOLESE
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) decidiu adotar os dez mandamentos que o Vaticano elaborou para os motoristas católicos como uma forma de auxiliar os brasileiros na educação do trânsito. O órgão ainda espera o apoio de padres e da mídia para divulgar essa cartilha papal.Na última quarta-feira, a Igreja Católica lançou o documento "Orientações para a Pastoral das Estradas", com um decálogo aos motoristas inspirado nos dez mandamentos da Bíblia .
O responsável pela cartilha, cardeal Renato Martino, disse, por exemplo, que "pode ser pecado" fazer uma ultrapassagem perigosa.

E para divulgar no Brasil essas orientações religiosas, a Polícia Rodoviária Federal preparou um documento no qual, a cada um desses "mandamentos", inclui recomendações e estatísticas oficiais das estradas do país.
No documento, por exemplo, o terceiro "mandamento" -que pede "cortesia, correção e prudência" para o motorista "lidar com eventos imprevistos"- é seguido de um levantamento que aponta a imprudência como a principal causa da violência nas estradas, citando índices de acidentes em pistas boas (80,75%), nas retas (69,48%), durante o dia (59,44%) e com tempo bom (67,05%).

Outro exemplo: após o sétimo mandamento -"Ajude as famílias de vítimas de acidentes"-, vem a seguinte recomendação da PRF: "O motorista envolvido em acidente deve se responsabilizar por seus atos. Se ele não foi capaz de evitar a ocorrência do acidente, que pelo menos arque com os custos de seus desdobramentos. Sentir e demonstrar arrependimento pela conduta é a melhor forma de prestar amparo ao vitimado e à sua família".

Distribuição nacional

O texto, com os "Dez Mandamentos" e comentários e estatísticas da Polícia Rodoviária Federal começou a ser distribuído ontem a todas as superintendências regionais do órgão, que farão a divulgação com a imprensa.
"Isso [divulgação do documento] vai ser fantástico", disse o inspetor Alvarez de Souza Simões, coordenador de Controle Operacional da PRF. "Se eles [católicos do Brasil] ouvirem o Vaticano, já é um grande passo dado. Se o cidadão colocar a mão na consciência, ele saberá fazer o que é certo", completou.

Sinal-da-cruz

O documento do Vaticano, que tem um total de 36 páginas, alerta sobre o número de mortes por ano em acidentes -1,2 milhão de pessoas, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde)- e sugere que os católicos façam o sinal-da-cruz ao momento de iniciar um deslocamento."Ao católico qualquer orientação vinda do Vaticano tem um peso grande. Certamente esse assunto deve ser tratado nas missas. As igrejas de todo o Brasil devem comentar isso, também com a ajuda da imprensa", afirmou o coordenador da PRF.

Arquivo do blog