quarta-feira, junho 20, 2007

Jornal do Terra, 19/06/2007

Política

06m28s

Terça, 19 de junho de 2007, 17h50

Falta ética a Conselho, diz professor


Roberto Romano critica duramente o Conselho de Ética que "preocupou-se mais em proteger o senador Renan Calheiros do que o Senado". O professor da Unicamp diz que a ação de senadores para desqualificar a jornalista Mônica Veloso foi indecorosa. "É uma falta de ética absoluta, uma falta de respeito à pessoa humana, ironizar e ameaçar, sobretudo, testemunhas mulheres".

Leia mais em Notícias Brasil

De acordo com o professor de Ética, a imprudência de senadores como Sibá Machado (PT-AC), Epitácio Cafeteira (PTB-MA) e até mesmo de Eduardo Suplicy (PT-SP), que demonstra uma atitude ambígua, é grave. "Você não coloca um poder da República em situação de crise por causa do seu titular". Na opinião de Romano, o presidente do Senado deveria ter se afastado no começo de junho, quando o caso estourou.

Arquivo do blog